O que os brasileiros sabem (e não sabem) sobre o Diabetes

01

 

Mais da metade da  população brasileira está acima do peso (com sobrepeso ou Obesidade). E, por sua vez, o excesso de peso é uma dos principais fatores de risco para o desenvolvimento do Diabetes Tipo 2,  que já afeta quase 15 milhões de brasileiros, de várias  faixas etárias. A taxa de incidência da doença cresceu 61,8% nos últimos 10 anos. O mais alarmante é que cerca de metade dos diabéticos nem sequer sabem que têm a doença. E mesmo entre aqueles que sabem do diagnóstico, o desconhecimento sobre a doença é muito grande. Isso é o que apontam duas pesquisas divulgadas recentemente sobre o assunto.
» Read more

Conheça os tipos de DIETA CETOGÊNICA e suas vantagens

Quem está na batalha para emagrecer, já deve ter ouvido falar sobre a Dieta Cetogênica.

O que  muitos não sabem é que existem vários tipos de dietas cetogênicas.

De forma simplificada, podemos afirmar que a cetose é um estado metabólico onde o corpo utiliza a gordura como principal fonte de energia, ao invés da glicose. Na prática, a cetose transforma o organismo em “queimador de gordura”.

 

Dietas cetogênicas podem ter diferentes composições de macronutrientes, desde  ricas em “gordura do bem” até proteinadas com baixo teor de gordura, como é o caso da dieta VLCD (very low calorie diet), que pode ser feita com alimentos comuns ou com produtos especiais como a proteína Pronokal , onde a maior composição da dieta é às custas de proteínas, com apenas 10 a no máximo 20 g de gordura por dia.  

O ponto em comum de toda dieta cetogênica é a baixa ingestão de carboidrato.

Toda dieta cetogênica é uma dieta Low Carb. Mas, nem toda Dieta Low Carb é cetogênica.

 

Isso acontece porque para  atingir um estado de cetose nutricional, é preciso em geral  aderir a uma dieta com ingestão muito baixa de carboidrato, o que implica na prática em restrição de muitos alimentos considerados “carboidratos do bem”, como batata doce, cenoura, carboidratos integrais  e a grande maioria das frutas.

 

Para manter um nível ideal de  cetose, em geral é necessário manter a ingestão diária  total de carboidrato entre 30 até no máximo 60 gramas de acordo com as condições de cada paciente:  sexo, idade, atividade física e condições de saúde em geral.

 

A faixa de Cetose Nutricional recomendada para estimular o emagrecimento de forma saudável está entre 1,5 e 3,0 mMol/L.

» Read more

Pronokal: saiba mais sobre o Método Europeu para Emagrecimento Saudável e Duradouro

A Clínica Dr. Recomenda conta agora com mais uma ferramenta de tratamento para a Obesidade e Sobrepeso.

 

A Dieta Pronokal é prescrita  exclusivamente por médicos habilitados e treinados no Método, após rigorosa avaliação clínica.

 

O Método Pronokal é estruturado num plano alimentar que se inicia com uma Dieta Cetogênica VLCD (Very Low Calorie Diet) Proteinada Low Carb e Low Fat

A  tecnologia de liofilização dos macronutrientes  consegue mimetizar exatamente os alimentos, não somente no sabor, como na textura.

prnk 2  crepes-bolos-omelete-pronokalpnk3pnk4

Desta forma, Os produtos Pronokal, que substituem as refeições na FASE 1 da dieta, podem ser consumidos com formato e sabor de omeletes de queijo e bacon, iogurtes, pães, torradas, Cappuccino, Frozen, Mousse, crepes,  sucos, sopas, Nuggets, mas na verdade, são proteínas de alto valor biológico (fácil e rápida absorção), o que ajuda na manutenção da massa magra, e possibilita uma dieta Low carb com a sensação de estar comendo carboidratos.

 

E o mais interessante: com a carga de proteína adequada e maior preservação da massa magra e do  metabolismo basal ,  as chances de reganho de peso são menores.

 

Este método europeu de tratamento da Obesidade e Sobrepeso tem amplo respaldo  científico, com vários estudos mostrando benefício e redução de circunferência abdominal, inclusive redução de flacidez, celulite e maior preservação da massa muscular.

 

Agora, confira abaixo FAQ com as dúvidas mais comuns dos pacientes que desejam iniciar o Método Pronokal.

 

Como posso aderir ao método?

» Read more

Janeiro já era! E os seus planos para 2017?

janeiro já era

 

Na passagem de ano, a maioria de nós faz inúmeros planos para ter um ano melhor. A mudança do calendário renova a esperança. E com isso, fazemos listas de desejos, metas e promessas de novos hábitos. Dieta, emagrecimento, alimentar-se de forma mais saudável, praticar atividade física, parar de fumar, falar Inglês são os desejos mais presentes nestas listas.

 

Mas, no fim de janeiro, grande parte das pessoas já abandonou na prática as promessas que fez no primeiro dia do ano.

 

Por que isso acontece? Como resgatar aquela energia de recomeço? Aquela crença de que agora vai! Como se manter firme no seu propósito?

 

Nós, da Clínica Dr. Recomenda, preparamos 5 recomendações para você seguir em frente rumo ao seu objetivo.

 

A melhor hora para agir é AGORA. Ainda dá tempo de tornar 2017 o ano da transformação da sua vida, com novos hábitos e grandes conquistas!

 

Confira  abaixo nossas 5 recomendações.

A número 5 é fundamental!

 

» Read more

Conheça os principais fatores de risco para LOMBALGIA

1506072_611256255589948_963464706_n
Lombalgia, também conhecida como dor nas costas, é a dor que acomete a porção inferior da coluna vertebral e as estruturas ao seu redor (musculatura, ligamentos, etc). Pode ser localizada ou irradiar para outras regiões como nádegas, coxa, joelho, perna e pé, caso haja compressão de algum nervo.

QUAIS SÃO OS PRINCIPAIS FATORES DE RISCO?

» Read more

Ferritina alta: entenda as causas e as opções de tratamento

A ferritina é uma proteína produzida pelo fígado e é responsável pelo armazenamento do ferro no organismo.

É importante entender que ferritina alta não significa necessariamente que o organismo tem excesso de ferro. Na verdade, na maioria das vezes a ferritina alta não vem acompanhada de excesso de ferro. Atualmente, a causa mais comum é a síndrome metabólica, em função do aumento da incidência da obesidade, acúmulo de gordura no fígado e diabetes.

 

ferritina

Valores aumentados podem estar relacionados com vários fatores: » Read more