Reversão do Diabetes Tipo 2 com Tratamento Nutricional

Reverter o Diabetes Tipo 2 e não somente controlar a doença. Sim, isso é possível.

 

 

REVERSÃO DO DIABETES TIPO 2 COM NUTRIÇÃO (2)

Hoje é 14 de novembro- Dia Mundial de Conscientização sobre o Diabetes.

Cerca de 15 milhões de brasileiros têm o diagnóstico de Diabetes e estima- se que mais 15 milhões já tenham a doença e nem sequer sabem disso.

 

O Diabetes aumenta  o risco de doenças cardiovasculares, como Infarto e AVC, insuficiência renal, cegueira, amputações, disfunção erétil , Alzheimer , depressão e alguns tipos de câncer, como o câncer de mama e próstata.

 

O tipo mais comum de Diabetes é o Tipo 2, cuja principal causa é o excesso de peso e a resistência à insulina, que por sua vez, estão relacionadas com hábitos nutricionais não saudáveis.

 

O Diabetes Tipo2  é, portanto, uma doença fortemente relacionada com a dieta e pode ser revertida com um tratamento nutricional adequado.

 

Mais do simplesmente controlar a doença com doses cada vez mais crescentes de remédios e insulina, que  normalmente geram ganho de peso, é possível reverter a doença com alguns tipos de tratamento. E não estamos falando aqui de medicamentos.

 

Existem estudos científicos que comprovam que tanto a cirurgia bariátrica, como alguns estratégias de dieta podem reverter o Diabetes Tipo 2.

 

» Read more

Apoio à ABLC- Associação Brasileira Low Carb

A nossa diretora médica, Dra Regina Diniz, endocrinologista pela USP apóia a ABLC- Associação Brasileira Low Carb.

20181101_174149

Confira a mensagem da Dra:
“Eu apóio a Associação Brasileira Low Carb, que tem a missão de divulgar conhecimento científico e propagar informações sobre saúde, alimentação e qualidade de vida à sociedade, livre de influências da Indústria Farmacêutica e Alimentícia.

Cada vez mais estudos científicos comprovam inúmeros benefícios da Dieta Low Carb, sobretudo para portadores de Diabetes ou Pré-Diabetes (glicemia levemente alterada ou glicemia normal com insulina alta), Triglicérides elevados e Esteatose Hepática (gordura no fígado), que são condições clínicas que aumentam o risco das pessoas sofrerem de problemas cardiovasculares, como Infarto e AVC, além de alguns tipos de câncer.

Recentemente, a Associação Americana de Diabetes classificou a dieta Low Carb como sendo a abordagem nutricional mais recomendada para pacientes com Diabetes Tipo 2.

Mas, nem sempre é fácil encontrar médicos e nutricionistas atualizados e alinhados com as novas evidências científicas. Se você é diabético tipo 2 ou pré-diabético, com resistência à insulina, e ainda está sendo estimulado por profissionais de saúde a comer de 3 em 3 horas com carboidratos (mesmo que integrais) em todas as refeições, é hora de rever seu tratamento.

O mesmo acontece com alguns produtos e e-books rotulados como Low Carb, mas que nem sempre estão de fato de acordo com a Ciência Low Carb atual.

 

Por isso, a ABLC foi fundada para regulamentar produtos com o selo Low Carb da ABLC e contribuir com a divulgação de informações atualizadas com embasamento científico.

É importante que você saiba que existem vários tipos e níveis de dieta Low Carb. Procure profissionais de saúde para avaliar se a abordagem nutricional Low Carb está recomendada para você e qual o tipo de Dieta Low Carb que mais se adapta ao seu perfil.” (Dra Regina Diniz- ENDOCRINOLOGISTA- CRM 97465-SP- RQE- Título de Especialista nº 37498)

» Read more

Associação Brasileira Low Carb vai certificar o baixo teor de carboidratos de alimentos

Você sabia que no último final de semana foi oficialmente fundada a Associação Brasileira Low Carb, que vai certificar produtos para garantir o baixo teor de carboidratos?
Mas ultimamente  por que se fala tanto sobre dieta Low Carb? Será que é apenas mais uma ‘dieta da moda’?
O fato é que cada vez mais estudos científicos comprovam inúmeros benefícios da Dieta Low Carb, sobretudo para portadores de Diabetes ou Pré-Diabetes (glicemia levemente alterada ou glicemia normal com insulina alta), Triglicérides elevados e Esteatose Hepática (gordura no fígado), que são condições clínicas que aumentam o risco das pessoas sofrerem de problemas cardiovasculares, como Infarto e AVC, além de alguns tipos de câncer.
LOW-CARB
Confira abaixo as considerações iniciais da  ABLC -Associação Brasileira Low Carb:

» Read more

O que os brasileiros sabem (e não sabem) sobre o Diabetes

01

 

Mais da metade da  população brasileira está acima do peso (com sobrepeso ou Obesidade). E, por sua vez, o excesso de peso é uma dos principais fatores de risco para o desenvolvimento do Diabetes Tipo 2,  que já afeta quase 15 milhões de brasileiros, de várias  faixas etárias. A taxa de incidência da doença cresceu 61,8% nos últimos 10 anos. O mais alarmante é que cerca de metade dos diabéticos nem sequer sabem que têm a doença. E mesmo entre aqueles que sabem do diagnóstico, o desconhecimento sobre a doença é muito grande. Isso é o que apontam duas pesquisas divulgadas recentemente sobre o assunto.
» Read more

Conheça os tipos de DIETA CETOGÊNICA e suas vantagens

Quem está na batalha para emagrecer, já deve ter ouvido falar sobre a Dieta Cetogênica.

O que  muitos não sabem é que existem vários tipos de dietas cetogênicas.

De forma simplificada, podemos afirmar que a cetose é um estado metabólico onde o corpo utiliza a gordura como principal fonte de energia, ao invés da glicose. Na prática, a cetose transforma o organismo em “queimador de gordura”.

 

Dietas cetogênicas podem ter diferentes composições de macronutrientes, desde  ricas em “gordura do bem” até proteinadas com baixo teor de gordura, como é o caso da dieta VLCD (very low calorie diet), que pode ser feita com alimentos comuns ou com produtos especiais como a proteína Pronokal , onde a maior composição da dieta é às custas de proteínas, com apenas 10 a no máximo 20 g de gordura por dia.  

O ponto em comum de toda dieta cetogênica é a baixa ingestão de carboidrato.

Toda dieta cetogênica é uma dieta Low Carb. Mas, nem toda Dieta Low Carb é cetogênica.

 

Isso acontece porque para  atingir um estado de cetose nutricional, é preciso em geral  aderir a uma dieta com ingestão muito baixa de carboidrato, o que implica na prática em restrição de muitos alimentos considerados “carboidratos do bem”, como batata doce, cenoura, carboidratos integrais  e a grande maioria das frutas.

 

Para manter um nível ideal de  cetose, em geral é necessário manter a ingestão diária  total de carboidrato entre 30 até no máximo 60 gramas de acordo com as condições de cada paciente:  sexo, idade, atividade física e condições de saúde em geral.

 

A faixa de Cetose Nutricional recomendada para estimular o emagrecimento de forma saudável está entre 1,5 e 3,0 mMol/L.

» Read more

Entenda porque é tão difícil perder a gordura localizada na Barriga

 

 

Entenda porque é tão difícil perder a gordura localizada na barriga

 

adipometrojpeg1-300x225

Chega um momento em que você faz todo esforço para perder barriga e não consegue mais perder aquela gordurinha localizada e começa a perder onde você não quer, como rosto ou glúteo, não é verdade?

 

Isso acontece porque vários fatores contribuem para o acúmulo de gordura em certas regiões do corpo.

 

Saiba mais:

» Read more

Consumo moderado de café pode ajudar a acelerar os resultados da dieta cetogênica

#DoutorRecomenda

 

O “ceto” de uma dieta cetogênica vem do fato de que ela faz com que o corpo produza pequenas moléculas de combustível chamadas “corpos cetônicos” ou, informalmente, também conhecidos como “cetonas”. Um combustível alternativo para o corpo, usado quando o açúcar no sangue (glicose) se torna escasso.

 

As cetonas são produzidas durante o jejum e/ou através de uma dieta baixa em carboidratos (os quais são convertidos rapidamente em glicose) e quantidades moderadas de proteína (o excesso de proteína também pode ser convertido em glicose).

 

As cetonas são produzidas no fígado, através de gorduras, e são usadas como combustível por todo o corpo, incluindo o cérebro que necessita de muita energia diariamente e onde, com o passar dos anos, ocorre um declínio natural para a captação de glicose como fonte de energia.

 

Em uma dieta cetogênica, todo o seu corpo altera seu abastecimento de combustível para funcionar quase que exclusivamente dependente da gordura. Então, com a produção e uso de cetonas, diz-se que o corpo está em cetose. Os níveis de insulina diminuem, a queima de gordura aumenta, a pessoa parece ter menos fome e sente uma quantidade constante de energia. Adicionalmente, dietas baixas em carboidratos, como a cetogênica, vêm sendo usadas como uma potencial terapia auxiliar para algumas condições de saúde como o Alzheimer.

 

Até recentemente, uma pergunta em comum entre as pessoas interessadas em dietas cetogênicas ou dietas baseadas em baixo consumo de carboidratos era quanto ao efeito da cafeína na produção de cetonas – “Posso tomar café?”. Um novo e pequeno estudo publicado em Canadian Journal of Physiology and Pharmacology está sendo muito bem recebido, pois investiga esta útil e tão aguardada questão.

 

» Read more

Crianças engordam mais nas férias

As férias escolares podem contribuir para o aumento de um sério problema de Saúde que afeta milhões de crianças brasileiras: a Obesidade Infantil.

 

 

An obesed Boy

Pesquisa realizada na Universidade do Texas indica que é durante as férias que as crianças engordam mais.

 

Os pesquisadores  americanos acompanharam, por 3 anos, 18 170 crianças e observaram que as taxas de sobrepeso e obesidade saltaram de 23,3% e 8,9% para 28,7% e 11,5%, respectivamente. Detalhe: as alterações relevantes no peso  só ocorreram durante os períodos de pausa no ano letivo.

» Read more

Clínica Conectada Dr. Recomenda no Estadão de Domingo (23/7/2017)

É com alegria que compartilhamos com vocês esta matéria no Estadão de Domingo, (23 de julho de 2017) nas bancas e na versão online, que mostra um pouco da nossa História e os primeiros resultados da Clínica Conectada Dr. Recomenda

 

23_07_2017_17_02_52Estadao 2

 

A matéria destaca a inovação do Programa Dr. Recomenda, que realiza suporte intensivo online através do aplicativo próprio da Clínica e os resultados da primeira turma do Programa, com mais de 1 tonelada de quilos eliminados.

Agradecemos a todos que fizeram parte desta jornada que está apenas começando.

Agradecemos à cidade de Taboão da Serra, na Grande São Paulo, com maior densidade demográfica do Brasil, que nos acolheu com tanto carinho.

E, acima de tudo, aos nossos pacientes que entenderam nossa proposta de evolução no tratamento da Obesidade e Sobrepeso e estão dando um exemplo de comprometimento e mudanças de hábitos.

Queremos cada vez mais nos comprometer com vocês e com a nossa missão de construir uma vida mais saudável, livre das complicações da Obesidade e Diabetes, através de um atendimento personalizado pautado na Empatia associada à Tecnologia.
Sim, isso é possível! Vocês nos mostraram isso na prática. 🙂

Muito obrigada!
Dra Regina Diniz (Endocrinologista pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP , especialista pela SBEM- Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia)

Fundadora da Clínica Conectada Dr. Recomenda

#DoutorRecomenda #DrRecomenda #Saúde #BemEstar #Emagrecimento#EmagrecimentoSaudável #Samsung #ProgramadeEconomiaCriativa#EconomiaCriativa #CIETEC #USP #Estadão #Oportunidade #Dieta#Nutrição #Endocrinologia #Empatia #Tecnologia #MobileHealth#SaúdeDigital #QualidadeDeVida #Motivação #AhoraÉAgora #VaiLáEFaz#Resiliência #Empreendedorismo #Disciplina #Endocrino #Obesidade#Diabetes

Confiram aqui o link da matéria online: http://economia.estadao.com.br/…/programa-de-aceleracao-se…/

Pronokal: saiba mais sobre o Método Europeu para Emagrecimento Saudável e Duradouro

A Clínica Dr. Recomenda conta agora com mais uma ferramenta de tratamento para a Obesidade e Sobrepeso.

 

A Dieta Pronokal é prescrita  exclusivamente por médicos habilitados e treinados no Método, após rigorosa avaliação clínica.

 

O Método Pronokal é estruturado num plano alimentar que se inicia com uma Dieta Cetogênica VLCD (Very Low Calorie Diet) Proteinada Low Carb e Low Fat

A  tecnologia de liofilização dos macronutrientes  consegue mimetizar exatamente os alimentos, não somente no sabor, como na textura.

prnk 2  crepes-bolos-omelete-pronokalpnk3pnk4

Desta forma, Os produtos Pronokal, que substituem as refeições na FASE 1 da dieta, podem ser consumidos com formato e sabor de omeletes de queijo e bacon, iogurtes, pães, torradas, Cappuccino, Frozen, Mousse, crepes,  sucos, sopas, Nuggets, mas na verdade, são proteínas de alto valor biológico (fácil e rápida absorção), o que ajuda na manutenção da massa magra, e possibilita uma dieta Low carb com a sensação de estar comendo carboidratos.

 

E o mais interessante: com a carga de proteína adequada e maior preservação da massa magra e do  metabolismo basal ,  as chances de reganho de peso são menores.

 

Este método europeu de tratamento da Obesidade e Sobrepeso tem amplo respaldo  científico, com vários estudos mostrando benefício e redução de circunferência abdominal, inclusive redução de flacidez, celulite e maior preservação da massa muscular.

 

Agora, confira abaixo FAQ com as dúvidas mais comuns dos pacientes que desejam iniciar o Método Pronokal.

 

Como posso aderir ao método?

» Read more

O que é o exame de Bioimpedância e para que serve?

O método mais comum para verificar se uma pessoa está dentro dos parâmetros saudáveis de peso é o cálculo do IMC- índice de massa corpórea, calculado pela fórmula:

IMC= peso (em kg)/ altura em metros ao quadrado.

Um valor acima de 25 indica sobrepeso, enquanto um valor acima de 30 já indicaria Obesidade.

Porém, este cálculo não leva em consideração a composição corpórea e as proporções de massa adiposa (gordura) e massa magra (músculo, osso e água), o que pode levar a erros de interpretação.

Por exemplo, um indivíduo com alto índice de percentual de massa muscular, pode apresentar um IMC acima de 30 e ter um percentual de gordura excelente.

bioimpedância

» Read more