Reversão do Diabetes Tipo 2 com Tratamento Nutricional

Reverter o Diabetes Tipo 2 e não somente controlar a doença. Sim, isso é possível.

 

 

REVERSÃO DO DIABETES TIPO 2 COM NUTRIÇÃO (2)

Hoje é 14 de novembro- Dia Mundial de Conscientização sobre o Diabetes.

Cerca de 15 milhões de brasileiros têm o diagnóstico de Diabetes e estima- se que mais 15 milhões já tenham a doença e nem sequer sabem disso.

 

O Diabetes aumenta  o risco de doenças cardiovasculares, como Infarto e AVC, insuficiência renal, cegueira, amputações, disfunção erétil , Alzheimer , depressão e alguns tipos de câncer, como o câncer de mama e próstata.

 

O tipo mais comum de Diabetes é o Tipo 2, cuja principal causa é o excesso de peso e a resistência à insulina, que por sua vez, estão relacionadas com hábitos nutricionais não saudáveis.

 

O Diabetes Tipo2  é, portanto, uma doença fortemente relacionada com a dieta e pode ser revertida com um tratamento nutricional adequado.

 

Mais do simplesmente controlar a doença com doses cada vez mais crescentes de remédios e insulina, que  normalmente geram ganho de peso, é possível reverter a doença com alguns tipos de tratamento. E não estamos falando aqui de medicamentos.

 

Existem estudos científicos que comprovam que tanto a cirurgia bariátrica, como alguns estratégias de dieta podem reverter o Diabetes Tipo 2.

 

» Read more

Apoio à ABLC- Associação Brasileira Low Carb

A nossa diretora médica, Dra Regina Diniz, endocrinologista pela USP apóia a ABLC- Associação Brasileira Low Carb.

20181101_174149

Confira a mensagem da Dra:
“Eu apóio a Associação Brasileira Low Carb, que tem a missão de divulgar conhecimento científico e propagar informações sobre saúde, alimentação e qualidade de vida à sociedade, livre de influências da Indústria Farmacêutica e Alimentícia.

Cada vez mais estudos científicos comprovam inúmeros benefícios da Dieta Low Carb, sobretudo para portadores de Diabetes ou Pré-Diabetes (glicemia levemente alterada ou glicemia normal com insulina alta), Triglicérides elevados e Esteatose Hepática (gordura no fígado), que são condições clínicas que aumentam o risco das pessoas sofrerem de problemas cardiovasculares, como Infarto e AVC, além de alguns tipos de câncer.

Recentemente, a Associação Americana de Diabetes classificou a dieta Low Carb como sendo a abordagem nutricional mais recomendada para pacientes com Diabetes Tipo 2.

Mas, nem sempre é fácil encontrar médicos e nutricionistas atualizados e alinhados com as novas evidências científicas. Se você é diabético tipo 2 ou pré-diabético, com resistência à insulina, e ainda está sendo estimulado por profissionais de saúde a comer de 3 em 3 horas com carboidratos (mesmo que integrais) em todas as refeições, é hora de rever seu tratamento.

O mesmo acontece com alguns produtos e e-books rotulados como Low Carb, mas que nem sempre estão de fato de acordo com a Ciência Low Carb atual.

 

Por isso, a ABLC foi fundada para regulamentar produtos com o selo Low Carb da ABLC e contribuir com a divulgação de informações atualizadas com embasamento científico.

É importante que você saiba que existem vários tipos e níveis de dieta Low Carb. Procure profissionais de saúde para avaliar se a abordagem nutricional Low Carb está recomendada para você e qual o tipo de Dieta Low Carb que mais se adapta ao seu perfil.” (Dra Regina Diniz- ENDOCRINOLOGISTA- CRM 97465-SP- RQE- Título de Especialista nº 37498)

» Read more

Associação Brasileira Low Carb vai certificar o baixo teor de carboidratos de alimentos

Você sabia que no último final de semana foi oficialmente fundada a Associação Brasileira Low Carb, que vai certificar produtos para garantir o baixo teor de carboidratos?
Mas ultimamente  por que se fala tanto sobre dieta Low Carb? Será que é apenas mais uma ‘dieta da moda’?
O fato é que cada vez mais estudos científicos comprovam inúmeros benefícios da Dieta Low Carb, sobretudo para portadores de Diabetes ou Pré-Diabetes (glicemia levemente alterada ou glicemia normal com insulina alta), Triglicérides elevados e Esteatose Hepática (gordura no fígado), que são condições clínicas que aumentam o risco das pessoas sofrerem de problemas cardiovasculares, como Infarto e AVC, além de alguns tipos de câncer.
LOW-CARB
Confira abaixo as considerações iniciais da  ABLC -Associação Brasileira Low Carb:

» Read more

O que os brasileiros sabem (e não sabem) sobre o Diabetes

01

 

Mais da metade da  população brasileira está acima do peso (com sobrepeso ou Obesidade). E, por sua vez, o excesso de peso é uma dos principais fatores de risco para o desenvolvimento do Diabetes Tipo 2,  que já afeta quase 15 milhões de brasileiros, de várias  faixas etárias. A taxa de incidência da doença cresceu 61,8% nos últimos 10 anos. O mais alarmante é que cerca de metade dos diabéticos nem sequer sabem que têm a doença. E mesmo entre aqueles que sabem do diagnóstico, o desconhecimento sobre a doença é muito grande. Isso é o que apontam duas pesquisas divulgadas recentemente sobre o assunto.
» Read more