Como controlar a DPOC

 

Como portador de doença pulmonar crônica como a DPOC, você terá que consultar o seu médico com uma certa frequência, sobretudo para evitar as exacerbações da doença.

 

É importante saber os primeiros sintomas de infecções pulmonares ou crises para que você possa obter ajuda e evitar doenças graves. Além disso, fazendo todo o possível para controlar a DPOC irá ajudar a melhorar a sua saúde e diminuir internações hospitalares. Também é importante cuidar de si mesmo em geral.

Doença-pulmonar-obstrutiva-crônica

Siga estes passos para administrar a doença e ter uma qualidade de vida melhor:

 

 

  1. Avalie os seus sintomas regularmente.Estar familiarizado com os sintomas da DPOC e saber quando eles estão piorando de modo que você possa obter ajuda imediatamente. Algumas pessoas com DPOC têm crises repentinas ou exacerbação quando os sintomas de repente começam a piorar. Os sintomas de uma exacerbação de DPOC incluem:

 

– piora da falta de ar

 

– tosse e, possivelmente, mais chiado

 

– tosse com mais muco e com uma cor mais escura

 

  1. Experimente estes passos de auto cuidado para evitar exacerbações e se manter saudável:

 

– Fumo. Nós sabemos que você já ouviu isso antes, mas se você fuma, peça aconselhamento sobre como parar de fumar. Nunca é tarde demais para parar. Parar de fumar pode ajudar a retardar o progresso da doença. Abandonar um hábito como o do tabaco pode ser difícil. Algumas pessoas tentam parar por conta própria, sem qualquer ajuda. Mas para obter sucesso, muitas vezes o apoio de seu médico é muito importante, junto com a terapia de reposição de nicotina ou outro medicamento. Evitar o fumo passivo também é fundamental.

 

– Vacinas. Certifique-se de que suas vacinas estão atualizadas. Contrair a gripe pode levar a um agravamento sério da DPOC. É por isso que recebendo a vacina contra a gripe a cada outono é tão importante. Este é o melhor momento para receber a vacina contra a gripe sazonal. É no outono (geralmente, entre os meses de abril e maio) que a vacina contra a gripe se torna disponível em sua comunidade. Você também pode precisar da vacina pneumocócica, que protege contra a pneumonia.

 

– Instruções do inalador. Aprenda a usar seus inaladores da maneira certa. Se você usa um inalador de dose medida ou inalador de pó seco, a técnica adequada é essencial. Seu médico deve ver você usar o seu inalador e corrigir a sua técnica, se necessário.

 

– Medicamentos. Certifique-se de tomar seus medicamentos corretamente. Medicamentos para DPOC incluem aqueles para ajudá-lo a respirar, e, possivelmente, corticosteroides e um medicamento para diluir o muco.

 

  • – Broncodilatadores.Estes são geralmente dados com um inalador. Eles ajudam a abrir as vias aéreas para facilitar a respiração.
  • – Corticosteroides.Corticoides inalatórios são frequentemente prescritos juntamente com um broncodilatador para reduzir a inflamação. Prednisona oral é por vezes utilizada para uma exacerbação da DPOC, mas geralmente não é dado a longo prazo.
  • Oxigênio. Oxigênio de baixo fluxo ajuda algumas pessoas com DPOC. Ao testar o seu nível de oxigênio no sangue, o seu médico pode dizer se a terapia com oxigênio irá ajudá-lo a se sentir melhor.
  • – Antibióticos.Estes podem ser prescritos se você tiver uma infecção bacteriana que está fazendo a sua DPOC piorar. Utilize-os como indicado por seu médico.

 

  • Sentimentos.Informe o seu médico se você está se sentindo para baixo. A depressão é comum em pessoas com DPOC, mas pode não ser óbvia para o médico. A depressão é uma condição tratável.

 

  • Atividades e exercícios.Discuta a sua capacidade de realizar suas atividades diárias. Se abotoar a camisa é um desafio, o seu médico precisa saber disso. Pergunte se você se beneficiaria de reabilitação pulmonar, um programa de exercício supervisionado para pessoas com DPOC. O exercício diário, mesmo sendo andar um pouco mais em casa, jardinagem ou outras atividades leves, pode ajudá-lo a manter a sua força e o nível de energia. Pergunte ao seu médico sobre um nível de atividade segura.

 

  • Coma bem.Uma dieta bem equilibrada é parte importante para manter a sua força e saúde. Você pode precisar fazer pequenas refeições por dia, se você não for capaz de fazer refeições de tamanho normal. Pergunte ao seu médico sobre consultar um nutricionista, caso você precise de ajuda para montar uma dieta saudável.

 

  • Registre seus sintomas. Anote tudo sobre o dia a dia neste diário. Quanto mais simples, melhor. Assim você será capaz de dar informações precisas e atualizadas, quando for necessário. Registre:

1- Tipo de respiração = fácil, difícil,

2- Piora abrupta da tosse,

3- Medicações = nomes, doses, horários,ou efeitos colaterais;

4- Dieta e atividades;

5- Outros sintomas, para contar ao médico.

 

  • Saiba quando procurar um médico. Os seguintes sintomas merecem um telefonema para o médico ou enfermeira:

1- Piora da falta de ar ou chiado no peito;

2- Piora da tosse, aumento da expectoração ou dor torácica;

3- Tosse com expectoração sanguinolenta, com cheiro forte, de cor amarelada ou verde;

4- Inchaço nos pés, tornozelos ou nas mãos;

5- Piora da sensação de fadiga;

6- Caimbras ou fraqueza muscular;

7-Despertar noturno com falta de ar;

8- Qualquer sintoma diferente aflitivo.

 

Criar um plano de ação para DPOC com o seu médico é fundamental.

Seu “plano de ação” é um conjunto de instruções sobre o que fazer se os sintomas se agravarem, como ter mais falta de ar ou um escarro mais grosso. Você deve saber quantas vezes usar o seu inalador e quando chamar o médico.

 

FONTES:

 

– II Consenso Brasileiro sobre Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica – DPOC.  J Bras Pneumol 2004; 30 (Supl 5).

– Global Initiative for Chronic Obstructive Lung Disease. Pocket guide to COPD diagnosis, management, and prevention.

– Global Initiative for Chronic Obstructive Lung Disease. Global strategy for the diagnosis, management, and prevention of chronic obstructive pulmonary disease revised 2011.

– National Heart, Lung and Blood Institute. How is COPD treated?

– American Thoracic Society. How can I stay healthy?

 

__________________________________________________________________________

*Todas as informações fornecidas têm caráter meramente informativo, com o objetivo de promover educação em saúde, e não substituir as orientações do seu médico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *